23 de abr de 2010

A louca

Nos dias de sol ela lavava roupa,
Nos dias de chuva cuidava da horta,
Nas noites de frio sonhava com a outra.

Era louca e vivia bem,
Era a louca.


Nas noites de lua urrava de dor,
Nas trilhas escuras perdia o caminho.


Era a louca,
Era a outra.

Grota do Junco, fevereiro de 2010

9 de abr de 2010

Meditação – o verbo

Eu medito,
Tu meditas
Ela medita.
Nós meditamos,
Elas meditam.


Eu me ditava,
Tu te ditavas,
Ela se ditava.
Nós nos ditávamos
E éramos felizes.
Elas nos ditavam
E assim nos calaram.
Cunha, abril de 2010